Em busca do emprego: Dicas para melhorar seu currículo - Abracomex
Em busca do emprego: Dicas para melhorar seu currículo
21/01/2019

A dica é apostar na personalização em vez de enviar o mesmo currículo para companhias diferentes

Um currículo bem-feito é fundamental para garantir sucesso na busca por uma oportunidade de trabalho. No entanto, muitos candidatos são descartados de cara porque não conseguem atrair a atenção dos recrutadores para suas habilidades, pois não conseguem transmitir no papel o seu potencial e experiência.

Além disso, avanços tecnológicos permitem que a seleção de um candidato seja feita hoje com base em algoritmos. Sendo assim, é importante dedicar uma parte do tempo para tornar o currículo atraente e adequado ao perfil da empresa.

Esqueça o hábito de utilizar um mesmo currículo para diferentes companhias. Adaptar o documento para a vaga aberta é o primeiro passo. “Se o candidato tem interesse em uma vaga específica, vale customizar o currículo e direcionar as informações para a posição que está interessado”, ensina Raphael Falcão, da Hays Recrutamento.

Feito isso, o passo seguinte é destacar os principais pontos da trajetória profissional. “Tem que focar, já de cara, nos projetos que realizou, mensurar resultados que alcançou e como foi o início, meio e fim deste trabalho”, explica Falcão. Importante colocar as atividades em ordem cronológica bem como link para página de mídia social profissional. “Nada de ficar enfeitando ou criando no currículo. O que faz a diferença é o recrutador bater o olho e conseguir identificar, de forma clara, o que o candidato faz bem e se sua experiência é compatível com a posição aberta ou se teria outra área para aquela pessoa”, complementa.

Paulo Vieira, master coach, diz que o currículo deve conter as promoções e cargos de liderança ocupados, bem como o número de pessoas lideradas.

Na hora de escrever o currículo, o candidato precisa pensar de forma estratégica, não apenas recorrendo à ordem cronológica inversa (da mais recente para a mais antiga) para mostrar a trajetória profissional. “Em cada uma das suas etapas profissionais, quais foram os projetos mais relevantes? Qual foi sua participação? Quais os resultados? Procure tangibilizá-los com números ou porcentuais. Se você tem uma experiência longa, coloque apenas as últimas e mais relevantes passagens”, aconselha Leonardo Berto, gerente de negócios da Robert Half. “Olhe para sua carreira e encontre aquilo que pode destacá-lo dos demais. O currículo não tem que ter tudo, deve conter apenas o suficiente para chamar a atenção do recrutador e ele querer saber mais sobre você”, complementa Berto.

Com os processos cada vez mais informatizados, é fundamental que o profissional adeque seu currículo para as novas realidades virtuais. Isso significa que recorrer à palavra-chave para mostrar as habilidades técnicas e comportamentais podem contribuir para o perfil ser selecionado.

Por fim, tenha as redes sociais profissionais atualizadas. Não é incomum o recrutador dar uma olhada nestes perfis antes de chamar o candidato para a próxima etapa do processo seletivo.

FONTE: VEJA

Assine nossa newsletter!

    Aceito a Política de Privacidade
    Aceito receber informativos por e-mail, SMS e WhatsApp.
    Precisa de Ajuda?
    Fale Conosco!