Greve dos caminhoneiros já prejudica exportações brasileiras - Abracomex
Greve dos caminhoneiros já prejudica exportações brasileiras
25/05/2018

Carga não chega aos portos; setor de carnes já deixou de exportar US$ 100 milhões e 320 mil toneladas de grãos deixam de ser enviadas por dia.

A paralisação dos caminhoneiros em protesto contra a alta do preço do diesel já impacta as exportações brasileiras e causa prejuízos ao país. Sem receber insumos e com estoques lotados, as fábricas reduzem o ritmo de produção, os produtos não chegam aos portos e os embarques acabam reduzidos.

“A carga não entra pelo transporte rodoviário e há portos em que nem mesmo os navios conseguem chegar por bloqueio de pescadores [caso de Itajaí, SC]. Terminais de Santos vão ter que parar porque não conseguem receber a refeição dos trabalhadores”, relata.

Em Santos, o acesso de veículos rodoviários de carga às instalações do porto apresenta, desde segunda-feira, redução nas operações de recepção e entrega de mercadorias pelos terminais.

Segundo a Associação Brasileira de Fornecedores de Navios (ABFN), sete navios, das 35 embarcações que estão atracadas no Porto de Santos, zarparam sem o consumo de bordo.

No porto de Paranagúá, no Paraná, as operações de granéis – como soja, milho e trigo, por exemplo – tinham diminuído 27% até a manhã de quinta-feira. Ou seja, a movimentação diária caiu de 150 mil toneladas 110 mil toneladas.

Há também problemas registrados em outros portos do Brasil, como no Rio de Janeiro.

Carne deixou de ser exportada

Até quarta-feira (23) 25 mil toneladas de carne de frango e suínos deixaram de ser enviadas ao exterior, segundo a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) e a Associação Brasileira de Proteína Animal (Apba). O desfalque já provoca uma perda de US$ 100 milhões em receitas.

No caso da carne de boi, 1,2 mil contêineres deixam de ser embarcados por dia. A previsão das duas entidades é de que mais de 90% da produção de carnes no país será interrompida até sexta-feira (25) caso os caminhões não voltem a circular.

Conheça o Curso de Formação para Despachante Aduaneiro da Abracomex. Clique aqui e visite a página do curso.

Fonte: G1 Economia

Assine nossa newsletter!

    Aceito a Política de Privacidade
    Aceito receber informativos por e-mail, SMS e WhatsApp.
    Precisa de Ajuda?
    Fale Conosco!