O ensino a distância cresceu, mas será que é a sua praia?
20/02/2019

A correria do dia a dia e a falta de tempo faz com que muita gente resolva adiar os planos de estar em uma sala de aula. Como forma de ajudar as pessoas a voltar ou dar início aos estudos, surge o modelo de Ensino a Distância (EAD) que permite aulas online para cursos, graduações e até pós-graduações. Mas será que você tem o perfil para estudar online?

De acordo com o Censo da Educação Superior, há mais de um milhão e meio de estudantes fazendo faculdade no modelo EAD, que vem crescendo em número de alunos. No entanto, ao cogitar o método, muita gente se questiona se dará realmente conta de assistir às aulas online ou até mesmo se os cursos conseguirão manter um padrão de ensino igual ou próximo aos presenciais.

O que pouca gente sabe, porém, é que o Ministério da Educação (MEC) não permite um ensino completamente a distância, fazendo com que muitas instituições promovam algumas aulas e/ou provas presenciais, o que amenizam algumas dúvidas, que são comuns, e reforçam que a solução para muitas delas depende do perfil do aluno.

Quem opta pelo ensino a distância?

Nem sempre é só a falta de tempo. Quem se interessa por esse modelo também pensa em valores, já que a mensalidade dos cursos EAD é, muitas vezes, mais barata que a dos presenciais. Outro fator de decisão é a comodidade em estar em uma sala de aula sem sair de casa.

Há também questões como a falta do curso desejado pelo estudante em sua cidade. É bem comum que em locais mais afastados do centro ou com poucos habitantes, alguns tipos de cursos e graduações não sejam oferecidos presencialmente pelas instituições.

Qual o perfil do estudante EAD?

Quem opta pelo EAD deve ter um perfil ativo, ou seja, não pode ficar parado (a)! É preciso sempre buscar assistir às aulas, fazer os exercícios e provas e deixar a preguiça de lado para vencer as etapas do curso. O estudante também deve ter comprometimento e responsabilidade, não deixando o fato de ser independente atrapalhar na execução de suas tarefas, pois não vai ter ninguém puxando sua orelha se você não cumprir suas tarefas

Foco e responsabilidade são, talvez, umas das características mais importantes para o aluno de EAD. Por possibilitar uma grande autonomia e não ter horário fixo, pode ser muito fácil para o estudante desfocar e passar a ter dificuldades em manter o ritmo de aprendizado.

Organização, domínio da tecnologia e interatividade são mais algumas das características que os alunos devem desenvolver para conseguirem manter uma rotina de  estudos a distância.

Afinal, o EAD vale a pena?

É difícil dizer com exatidão se, de forma geral, o modelo vale a pena. Tudo vai depender do tipo de aluno que você é e o que busca dentro de um ensino. É importante destacar ainda que a rotina do estudante também será fundamental para tomar essa decisão.

E se após todas essas dicas você chegar a conclusão de que o EAD é realmente a sua praia, é preciso saber que os diplomas desse modelo valem para o mercado de trabalho da mesma forma que os presenciais e que mesmo parecendo, ele não é um modelo mais fácil (não se iluda!). Por fim, agora é hora de pesquisar qual a melhor instituição de ensino para você e aproveitar esta nova etapa. Conheça todos os cursos da Abracomex.

Direção por Marcus Vinicius Franquine Tatagiba

Assine nossa newsletter!