Portos movimentam 279,3 mi de toneladas - Abracomex
Portos movimentam 279,3 mi de toneladas
21/11/2017

O Terminal portuário do Pecém registrou um aumento 38,38% de aumento em movimentação de cargas no terceiro trimestre de 2017, em comparação com igual período do ano passado.

Assim como no primeiro trimestre deste ano, a operação da Companhia Siderúrgica do Pecém continua promovendo crescimento na exportação de placas de aço, impactando positivamente o grupo de mercadorias equivalente a Ferro fundido Ferro e Aço, que registrou aumento de 196,3% no terceiro trimestre deste ano. Os dados são do Boletim Informativo Aquaviário da Agência Nacional de Transportes Aquaviários.

Na média nacional, os portos brasileiros que inclui os portos organizados e os terminais de uso privado (TUP) do país, movimentaram 279,3 milhões de toneladas (t) no terceiro trimestre de 2017. O resultado representa aumento de 6,6% em relação a igual período de 2016, quando foram movimentadas 262,1 milhões de toneladas.

De julho a setembro, os TUPs (categoria do Porto do Pecém) foram responsáveis por movimentar 182,5 milhões de total de toneladas. Em 2016, foram 172,3 milhões de toneladas nos terminais de uso privado. A diferença entre os dois resultados foi de 6% a mais em cargas movimentadas, em 2017.

De acordo com o gerente de estatística e avaliação de desempenho da ANTAQ, Fernando Serra, os dados relativos aos terminais de uso privado podem ser classificados como “bastante significativos”.

“Trata-se, sem dúvida, de um avanço significativo, demonstrando respostas positivas às demandas por movimentação de cargas, principalmente no minério de ferro que responde por 49% da participação de mercado desses portos”, observou Fernando Serra.

Segundo Serra, os números também são bons para os portos organizados do País, que também registraram crescimento. No trimestre, eles foram responsáveis pela movimentação de 96,8 milhões de toneladas, o que representa aumento de 7,8% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Entre os principais destaques da categoria estão Paranaguá (38,3%), Santos (11,7%), e Santarém (147,4%).

Assine nossa newsletter!

    Aceito a Política de Privacidade
    Aceito receber informativos por e-mail, SMS e WhatsApp.
    Precisa de Ajuda?
    Fale Conosco!