Em tempos de Coronavírus, veja os 7 motivos para investir na área de comércio exterior - Abracomex
Em tempos de Coronavírus, veja os 7 motivos para investir na área de comércio exterior
01/05/2020

Investir na área de comércio exterior pode ser considerada uma prioridade para a carreira. O Coronavírus permitiu muitas mudanças de cenário e novas iniciativas. O isolamento social permite uma reavaliação em muitos aspectos, como por exemplo, nas oportunidades. O comércio exterior já vinha com um alto crescimento. Sendo uma área com grandes perspectivas para os próximos anos. A pandemia não mudou esse contexto, podemos dizer que até mesmo intensificou. O Brasil tem apresentado um bom resultado de importação e exportação com novos mercados. Motivos essenciais para pensar na área de comércio exterior.

Esta é uma das áreas com maior dinâmica dentro do mercado de trabalho. Mas será viável investir na área de comércio exterior dentro de uma crise econômica? A resposta é sim! O comércio exterior lida com o mundo dos negócios. Os processos de importação e exportação não cessam. A expertise está em encontrar as melhores oportunidades e estratégias de compra e venda.

A globalização permite que cada vez mais empresas entrem no mercado internacional. A tendência é o aumento de investimento nessa área. Garantindo uma abertura de mercado e viabilização dos negócios. Está com tempo para dedicar e deseja alavancar sua carreira? Conheça a seguir os motivos que separamos para investir na área de comércio exterior.

7 Motivos para investir na área de comércio exterior

As razões para investir na área de comércio exterior têm por base o quanto a carreira é promissora. Mesmo diante de uma crise econômica, é muito importante ter uma equipe coesa e estratégica para os negócios. Por vezes, a crise impulsiona a novas estratégias e oportunidades para colocação no mercado.

1- Empresas estão ampliando seus mercados

O comércio exterior não é uma área destinada apenas para empresas de grande porte. Muito pelo contrário, muitas empresas de pequeno e médio porte estão investindo para ampliar seu mercado. 

Diante do cenário atual da economia, as empresas precisam de estratégias e um planejamento logístico. Alavancando assim as vendas e uma melhor posição dentro do mercado internacional. 

O foco no mercado internacional garante a empresa melhores resultados financeiros. Com um plano de negócio adequado, evita a dependência do comércio interno para venda. Além de ampliar o mercado, ainda permite diversificar os produtos promovendo novas vendas.

No entanto, é certo entender que se colocar dentro do mercado internacional não é um processo fácil. As oportunidades sugeridas pelos benefícios chamam a atenção de empresas. Buscando profissionais capazes de articular com o negócio internacional. Principalmente com conhecimento de normas, legislações e cultura.

 

2- Incentivo governamental para comércio exterior

O comércio exterior possui um forte peso na economia de nosso país. Desta forma, o governo incentiva com políticas e ações o crescimento e expansão das fronteiras. As principais iniciativas são voltadas a isenções de taxas e burocracia fiscal. Com o intuito de tornar o processo mais célere e eficaz. Dando a chance do Brasil se mostrar competitivo dentro do mercado internacional.

A desburocratização, assim como ações na Câmara de Comércio Exterior pretendem beneficiar a área. Como, por exemplo, decretos e portarias para redução de alíquotas. 

Os benefícios fiscais vindos do governo brasileiro diminuem e até mesmo isentam alguns impostos. Tais como: ICMS, COFINS, IPI e IOF. Mesmo com os incentivos, as normas e a legislação aduaneira são muito complexas. Para aproveitar os incentivos governamentais, empresas precisam de profissionais capacitados. 

3- Brasil está ampliando sua abertura no mercado

Apenas no primeiro trimestre de 2020 já tivemos uma ótima resposta dentro da área. O Brasil ampliou a pauta de exportação para oito países. A pandemia e a peste suína provocaram a expansão do mercado. No entanto, são conquistas que podem perdurar para além do coronavírus.

A ampliação não ocorreu apenas com a China, nosso maior parceiro econômico. A maioria dos novos compradores estão localizados no continente asiático. Ampliamos ainda o mercado com o Egito, Indonésia e Argentina. Os principais produtos são voltados para a agropecuária (soja, carne bovina e de frango, milho e algodão).

4- Agronegócio está em alta

O Agronegócio é o carro-chefe das exportações do Brasil. De acordo com dados do Ministério da Economia, sete dos dez itens com maior exportação são do agronegócio. O maior produto exportado é a soja. Nos primeiros meses de 2020, o produto já faturou US$ 6,2 bilhões. Mesmo na pandemia, os portos continuam na ativa. 

O milho também é um dos produtos com grande perspectiva e crescimento. Em 2019, foi responsável por 39 milhões de toneladas exportadas. A carne tanto bovina e de frango também fazem parte desse setor. O Brasil tem ampliado sua representação no mercado internacional com o agronegócio.

5- Ampliação de visão de negócios

As empresas que decidem abrir as fronteiras têm a chance de criar uma marca global. Um mercado novo para construir credibilidade e ser referência em qualidade. Não significa abandonar o mercado nacional para desbravar novos mundos. Mas ao construir sua trajetória internacional, reforça o reconhecimento entre os brasileiros.

Independente da função e atividade, a área coloca uma visão ao mercado com uma linha gerencial e administrativa. Entendendo importantes dinâmicas do negócio, que são importantes para todo o crescimento da carreira. Além de ser uma experiência para ser levada para toda vida.

Essa visão ampliada permite um posicionamento mais preciso para novos projetos. Assim como, garante maior firmeza para negociações sejam dentro ou fora do mercado internacional. Aqueles que possuem um perfil empreendedor podem ganhar alguns passos a frente.

6- Eleva as chances de trabalhar no exterior

A carreira de comércio exterior permite um amplo networking. A participação em congressos e feiras permite a conexão com diversas empresas e profissionais. Além disso, não é difícil trabalhar em empresas multinacionais ou atuar fora do Brasil. Podendo ser uma alternativa para aqueles que almejam uma vida no exterior.

É essencial para a carreira ter conhecimento aprofundado quanto a cultura e valores dos países para negociação. Assim como conhecimento da língua estrangeira, uma vez que a negociação depende desses aprendizados. 

A busca por uma carreira promissora fora do Brasil pode ser um dos impulsionadores para investir na área. 

7- Potencial de crescimento profissional

De acordo com informações do site Vagas.com, a média salarial de um especialista da área é de R$ 7 mil. Podendo chegar a valores maiores dependendo do nível de especialização. O potencial do profissional é aplicado às decisões importantes quanto ao comércio e finanças internacionais. 

A área de Comércio Exterior proporciona ao profissional aprimorar ou adquirir habilidades importantes. Independente do cargo ou função, precisa estar disposto a aprender. A liderança é um dos grandes potenciais de um profissional que investe em comércio exterior. Por estar repleto de altos e baixos, as empresas precisam de pessoas capacitadas a tomar decisões.

O trabalho em equipe, a comunicação efetiva e a criatividade também fazem parte da busca de conhecimento. Ao investir nessa área, ganha em potencial para agregar em equipe e inovação. Estar na área de comércio exterior é ter a chance de lidar, conhecer e se aprofundar em várias culturas.

Conclusão

Investir na área de Comércio Exterior é um passo muito importante para a carreira profissional. A área está em crescimento e é muito promissora. Visto a ampliação do mercado e as investidas governamentais para diminuir a competitividade no exterior. Profissionais que almejam voos mais altos podem se beneficiar com o aprendizado do ramo.

O isolamento social permite não só repensar em alguns aspectos, mas investir no avanço. Garantir que após a crise, siga um melhor caminho entre os ramos de maiores chances de crescimento.

Os cursos da Abracomex permitem que você obtenha o melhor aprendizado sem sair de casa. Todos os cursos são em formato EAD, garantindo a flexibilidade necessária. Conheça o curso de Comércio Exterior e invista na inovação da sua carreira!

Direção,

Marcus Vinicius Franquine Tatagiba.

Assine nossa newsletter!

Aceito a Política de Privacidade
Aceito receber informativos por e-mail, SMS e WhatsApp.