Índia retoma exportação de vacinas a partir de Outubro - Abracomex
Índia retoma exportação de vacinas a partir de Outubro
07/10/2021

Maior produtora de vacinas do mundo, a Índia irá priorizar a plataforma global de vacinas contra Covid-19, a Covax.

O país interrompeu a exportação dos imunizantes contra o coronavírus em abril, para se concentrar na imunização da população indiana e reduzir o número de casos, que estavam em crescimento. A meta é vacinar os 944 milhões de adultos até dezembro, sendo que cerca de 47% destes já foram imunizados com a primeira dose. 

Antes de frear as exportações, a Índia chegou a fornecer mais de 60 milhões de doses para quase 100 países em todo o mundo. 

Para completar a vacinação, a produção mensal dobrou durante este período, devendo quadruplicar, alcançando 300 milhões de doses em Outubro, como informou o ministro Mansukh Mandaviya. 

Com a queda de mortes e casos de infecção por Covid-19 no país e o aceleramento do programa de imunização, o governo indiano encerrou a proibição da exportação. Porém, apenas os imunizantes excedentes serão exportados, um número de aproximadamente 8 milhões de doses. A prioridade é fornecer essas doses para países vizinhos e cumprir a responsabilidade com a Covax, de garantir imunizantes contra coronavírus às nações mais pobres. 

Saiba mais:

 

Assine nossa newsletter!

    Aceito a Política de Privacidade
    Aceito receber informativos por e-mail, SMS e WhatsApp.
    Precisa de Ajuda?
    Fale Conosco!